Tabuletas de Argila

História

A visão dos Antigos Egípcios fornece uma chave interpretativa para ampliar a consciência de si e do outro, beneficiando os tratamentos terapêuticos.

O Sistema das Tabuletas de Argila (QAP) se origina de fontes onde o indivíduo é visto contemporaneamente como processo somático e relativa constelação psíquica em um contexto integral, para reconstruir uma relação apropriada tanto com a Natureza que nos circunda quanto em relação à nossa interioridade.

Os passos essenciais, a técnica de execução, assim como a filosofia energética que forma a base do Sistema QAP de tratamento foram esclarecidos a partir das interpretações egiptológicas e traduções dos mais importantes papiros médicos egípcios, como o Papiro de Ebers e o Papiro Médico de Berlim 3038, além dos estudos da Tumba de Ramsés VI e da literatura Alquímica, trabalho realizado pelo dr Angelo Angelini1 (Itália) e seus alunos, dos quais Stefano Stefani2 (Itália) foi o responsável por trazer a técnica para o Brasil.

Stefano Stefani, entre os anos de 2012 e 2015, em visitas periódicas ao Brasil, ministrou ciclos de cursos sobre diferentes temáticas interrelacionadas como Espagiria, Astrodiagnose Médica, Astrologia Egípcia, Canto Harmônico, Tarot e Tabuletas de Argila na Escola de Espagiria de São Gonçalo do Rio das Pedras.

Foi neste âmbito formativo de integração de profundos conhecimentos filosóficos, teóricos e práticos que Cristiano Schembri e Jade Souto Simões fizeram o percurso da aprendizagem da técnica das Tabuletas de Argila, habilitando-se profissionalmente para o uso e difusão desta prática terapêutica.

O sistema atua nos Meridianos Energéticos que os egípcios chamam Mo-t, a técnica Egípcia lembra a Acupuntura e a Moxa Chineses, se apresenta igualmente eficaz, menos invasiva e extremamente adaptada às várias exigências terapêuticas.

 

    1. Angelo Angelini – foi um médico italiano, profundo conhecedor de egiptologia, hieróglifos, alquimia, espagiria, astrologia, botânica – seu campo de conhecimento se estendia também à química, física moderna, filosofia, dentre outros. Possui diversas obras publicadas pela editora Kemi.
    2. Stefano Stefani – Nascido em Milão em 1961, é musicoterapeuta, naturopata, espagirista. Estudou com o Doutor Angelo Angelini Fitoterapia Alquímica, Astrologia, Egiptologia, Espagiria e Alquimia, pela “Editrice KEMI” de Milão. Frequentou os cursos de Espagiria e Alquimia com Giancarlo Salomoni pela “Associazione ASSISA”. Estudou Astrologia com Giuseppe Bezza e Marco Fumagalli pela “Associazione Cielo e Terra” de Milão. Colabora com Alkaest de Viareggio e estuda Espagiria e Alquimia com Luigi Vernacchia. É co-autor do livro “Manuale di Medicina Spagyrica”. É responsável Cultural em território nacional pelas informações científicas da linha Alkaest de Remédios Espagíricos (Itália).
error: Conteúdo protegido.